Projetos

Conheça os nossos projetos cofinanciados por programas da União Europeia.

BEST: PROJETOS DE I&DT EMPRESAS EM COPROMOÇÃO – Territórios Interior
  • Cofinanciado por: Alentejo 2020
  • Lisboa 2020
  • Portugal 2020, UE

Designação do Projeto: BEST: BiossEnSores mulTifuncionais a integrar na prática clínica e capacitação da pessoa com diabetes | PROJETOS DE I&DT EMPRESAS EM COPROMOÇÃO – Territórios Interior / +CO3SO Conhecimento e +CO3SO Digital

Código do Projeto: ALT20-03-0247-FEDER-113469 | LISBOA-01-0247-FEDER-113469

Objetivo Principal: Reforçar a investigação, o desenvolvimento tecnológico e a inovação.

Região de Intervenção: NUTS II – Alentejo e Área Metropolitana de Lisboa

Entidade Beneficiária:
Decsis II Ibéria, Lda (Líder)
Universidade Nova de Lisboa
Universidade de Évora
APDP – Associação Protectora dos Diabéticos de Portugal

Data da aprovação: 11 de junho de 2021

Data de Início: 1 de julho de 2021

Data de Conclusão: 30 de junho de 2023

Custo Total Elegível: 1.081.288,06 €

Apoio Financeiro da União Europeia - FEDER: 685.448,71€

Objetivos, atividades e resultados esperados/atingidos:

A diabetes mellitus representa um conjunto de doenças de etiologia multifactorial que requerem cuidados de saúde extensivos que vão além do estrito controlo da glicémica. A prevalência da diabetes tem tido um crescimento exponencial especialmente devido à diabetes tipo 2, representando uma ameaça à sustentabilidade dos sistemas de saúde e ao desenvolvimento económico global com custos pessoais, e sociais associados ao tratamento da doença e das suas complicações. O projeto BEST pretende desenvolver uma plataforma integrada de diagnóstico e monitorização capaz de detetar e quantificar simultaneamente a glucose, a insulina e o peptídeo-C de uma forma simples e rápida sem recurso a técnicas complexas de diagnóstico, para a caracterização de fenótipos de diabetes em tempo real.

Os dados recolhidos pelos sensores serão utilizados para reportar aos respetivos utentes, através de uma App em tempo real, informações relevantes sobre a sua condição no que respeita aos parâmetros medidos e respetivos indicadores de controlo. A mesma App será utilizada para fornecer informação histórica e estatística sobre a evolução das alterações dos perfis metabólicos dos mesmos ao longo do tempo, fornecendo indicações que poderão contribuir para uma maior literacia, capacitação das pessoas com diabetes, alterações de hábitos alimentares e atividade física e ajustes terapêuticos com vista à melhoria da sua saúde. Os resultados obtidos através do projeto BEST são de extrema importância, pois irão permitir o desenvolvimento de estratégias para a deteção simultânea, em tempo real, daqueles biomarcadores.

Sendo cientificamente uma novidade, a determinação conjunta destes biomarcadores abre portas à análise da relação entre estes, de forma a avaliar a eficácia do tratamento e correspondente diagnóstico e a otimizar o tratamento em tempo útil, evitando assim as graves complicações de saúde associadas à diabetes.